Entre apropriações e interesses: a Vila Ferroviária das Rocas e a precariedade sanitária (1953-1960)

A Vila Ferroviária das Rocas, localizada nas proximidades do antigo complexo da Estrada de Ferro Sampaio Correia em Natal, teve sua construção iniciada na década de 1950. Uma questão, entretanto, impactou a realidade do conjunto de casas desde seu início: a falta de saneamento. A despeito da preocupação estética observada em sua configuração modernista, o aparente anseio por baixar custos precarizou a qualidade das moradias, de forma que os trabalhadores foram impedidos de habitar as casas devido à falta de condições higiênicas adequadas. (...) Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=4ZCMWOqPVYw

Bruna Suassuna,
Últimas notícias
Revista Registros recebe artigos até 19/03
Professor Edgard Dantas, membro do IHGRN, visita HCUrb
Tese do prof. Gabriel Leopoldino no site HCUrb