A enfiteuse, direito jurídico que permite ao proprietário transmitir a outrem o Domínio Útil de um terreno, constitui resquício de uma estrutura colonial que perdura em muitas cidades do Brasil como é o caso da Paróquia Nossa Senhora da Conceição em Pau dos Ferros-RN. Proprietária de uma expressiva área da cidade há quase trezentos anos, a discussão se aprofunda quando a instituição, cuja imagem se faz historicamente ligada à sua função social, parece seguir a mesma lógica do mercado ao tratar a terra como mercadoria. (...). Trabalho enviado para o eCICT-2017. Orientação: profa. Angela Lúcia Ferreira. Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=NVkk93cJfEc
A Vila Ferroviária das Rocas, localizada nas proximidades do antigo complexo da Estrada de Ferro Sampaio Correia em Natal, teve sua construção iniciada na década de 1950. Uma questão, entretanto, impactou a realidade do conjunto de casas desde seu início: a falta de saneamento. A despeito da preocupação estética observada em sua configuração modernista, o aparente anseio por baixar custos precarizou a qualidade das moradias, de forma que os trabalhadores foram impedidos de habitar as casas devido à falta de condições higiênicas adequadas. (...) Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=4ZCMWOqPVYw
 
A produção cartográfica empreendida no semiárido brasileiro pela Inspetoria (Federal) de Obras Contra as Secas (IOCS - 1909, IFOCS - 1919) no início do século XX teve função de embasar ações técnicas de mitigação dos efeitos das estiagens, mas relações não aparentes à leitura vulgar desses mapas podem emergir com a aplicação do estudo cartográfico. (...). Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=JGoFtmSLNVQ&t=19s
Vídeo da bolsista de Iniciação Científica Ana Luísa Dantas, estudante de arquitetura e urbanismo da UFRN, para o eCICT 2017: "Demolições e sensibilidades: uma investigação sobre os debates das cidades em (des)construção". O processo de modernização da América Latina, do final do século XIX e início do século XX, foi marcado por importantes reformas urbanas que implicaram na demolição de várias partes da cidade, ao mesmo tempo em que se expressava uma forte aversão à cidade colonial, a qual fomentou a renovação da arquitetura e estimulou sua adequação aos moldes modernos da época. Orientador: prof. George Dantas. Assessoria técnica: Pesquisador Associado, jornalista Fred Luna. Vídeo selecionado para o prêmio Destaque do evento. Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=l28rL_c_UXs
 
Alguns lugares são MUDOS. Outros FALAM. Outros, mais raros, CANTAM. Há empatia, se nossas almas coincidem. Quando não, mesmo assim, podemos admirar seu vigor - se têm forte personalidade. Link para acesso; https://www.youtube.com/watch?v=R9NrWaZi6uk&list= UU8GKmH2AMAxMS4elN0IHD7Q&index=11
O símbolo representa algo, quanto ao lugar em que está, ou quanto a valores, ideias, história. Tem caráter sugestivo ou substitutivo; é convencional, circunstancial, funciona para grupos maiores ou menores, muda no tempo.
 
Esta é a segunda parte da definição de ARQUITETURA, baseada no livro 10 MANDAMENTOS DA ARQUITETURA, do professor/pesquisador Frederico de Holanda. Este é o mandamento 2: PENSE AS CAUSAS da arquitetura: políticas, econômicas, ideológicas, coletivas e pessoais. Ideológicas em sentido amplo: saberes, valores, escolhas, gostos, afetos... Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=ry_JvabkPkQ&list=UU8GKmH2AMAxMS4elN0IHD7Q&index=18
Na década passada deu-se início a uma das maiores obras já executada no território brasileiro. A transposição do Rio São Francisco chama atenção pelo seu tamanho e também por sua potencialidade em ajudar milhões de pessoas que vivem no sertão nordestino e de tempos em tempos sofrem dificuldades pela falta de água causada pelas estiagens prolongadas. Grande também foi o tempo de gestação da proposta da obra, que remonta o século XIX. Orientadora: Profa. Angela Lúcia de Araújo Ferreira. Trabalho apresentado no eCICT-2016 Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=hogW--A377I
 
O presente artigo trata de um inventário, que tem como principal resultado a reconstituição de algumas praças históricas de Natal (RN), inseridas no "Conjunto Arquitetônico, Urbanístico e Paisagístico de Natal", tombado em 2014 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Orientador: Prof. Paulo José Lisboa Nobre. Trabalho apresentado no eCICT-2016 Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=e0RsKSHw-gQ&t=166s
A presente pesquisa buscou estudar e chamar a atenção para as intervenções urbanísticas e arquitetônicas desenvolvidas na gestão do Prefeito Djalma Maranhão (1956-1964). O presente estudo está inserido num projeto maior: o inventário das Praças Históricas de Natal, as quais estão inseridas no Conjunto Arquitetônico, Urbanístico e Paisagístico de Natal, tombado pelo IPHAN e situado nos bairros da Ribeira e Cidade Alta. Orientador: Prof. Paulo José Lisboa Nobre. Trabalho apresentado no eCICT-2016. Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=7weksRCvCJ0&t=8s
 
A paisagem urbana está em constante mudança, a cidade vai crescendo e as marcas históricas acabam sendo apagadas continuamente. A preservação de elementos paisagísticos, como as praças, exige mais cuidado e interesse por ter como principal elemento a vegetação, aquela que mais sofre com o abandono. O presente trabalho apresenta resultados da pesquisa Paisagens da Memória: Em busca do passado nos jardins Natalenses, que reconhece o valor desses espaços e trabalha com o objetivo de preservar a memória das praças históricas de Natal/RN. Co-autores: Joyce Kallyna da Costa Cabral, Priscila Bessa Maciel da Costa, Caio Cesar Maia de Andrade. Orientador: Prof. Paulo José Lisboa Nobre. Trabalho apresentado no eCICT-2015. Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=__vzdxiYil8&t=8s
A pesquisa apresentada traz o tema das diversas representações da cidade colonial no Brasil com enfoque especial na busca de fontes primárias que permitam uma análise aprofundada da história do urbanismo brasileiro. Tendo sido originada de uma pesquisa mais abrangente, aqui a busca sistemática por fontes pode parecer um viés muito objetivo, porém suscita questões importantes que dizem respeito desde as fontes alternativas de estudo até a relevância das sensibilidades na história na formação das representações do espaço. Orientador: George Alexandre Ferreira Dantas. Trabalho apresentado no eCICT-2015 Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=POSUAKWw9OM&t=12s
 
A pesquisa trata de compreender o processo das demolições e descaracterizações do patrimônio arquitetônico e urbanístico, na área do entorno da praça sete de setembro, no período de 1892-1979, a partir das intervenções na forma urbana do bairro da Cidade Alta. Para tal, além da revisão bibliográfica tendo como foco a problemática das destruições foram consultados os registros iconográficos, os mapas e os planos de intervenção existentes na época. Orientador: George Alexandre Ferreira Dantas. Trabalho apresentado no eCICT-2015 Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=XWTklGNulSk&t=11s
Com o avanço da indústria, atrelado a evolução dos mais diversos eletrodomésticos, as atividades cotidianas intrínsecas as moradias seguiram a tendência de diminuir com o progresso tecnológico. Associado a isso os ambientes também passaram por uma reformulação do dimensionamento, que começou a se instaurar nos países europeus, atingindo anos depois a produção dos IAPs. Orientadora: Profa. Angela Lúcia de Araújo Ferreira. Trabalho apresentado no eCICT-2015. Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=p4f9K_aVSrA&t=7s
 
Os bairros de Tirol e Petrópolis podem ser considerados áreas de elite na configuração atual da cidade de Natal. Essa construção vem desde o século XX, quando a cidade começou a se diferenciar socioeconomicamente, mas também foi um processo intensificado com a chegada do modernismo, entre as décadas de 1940 e 1960. Os IAP como precursores no financiamento de habitações no Brasil foram agentes importantes na consolidação dessa elitização. Orientadora: Profa. Angela Lúcia de Araújo Ferreira Trabalho apresentado no eCICT-2015 Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=FiwqNH4KXDY&t=15s
Últimas notícias
V ENANPARQ: submissão de trabalhos até 31/05
Adielson Pereira é o novo bacharel em Geografia
ICOMOS Brasil prorroga data para envio de trabalhos