ALMEIDA, Caliane Christie Oliveira de; CORREIA, Telma de Barros. Habitação proletária no Nordeste do Brasil: a ação privada e do Estado nas décadas de 1930 e 1940. In: Encontro Latinoamericano de Geógrafos - EGAL, 2009, Montevideo/Uruguai. Anais do Encontro Latinoamericano de Geógrafos (EGAL 2009). Montevideo/Uruguai, 2009

Coordenação: Caliane Christie Oliveira de Almeida; Telma de Barros Correia
Período: 2009
Resumo:

(Trabalho apresentado no EGAL - Encontro Latinoamericano de Geógrafos)

A partir de meados do século XIX, na visão de setores letrados da população, as condições de habitabilidade das moradias pobres passaram a se chocar com conceitos de higiene, de ordem, de moralidade e de economia. A habitação do pobre passou então, a se configurar para estes indivíduos como um problema. As reformas nas moradias e nas cidades defendidas e solicitadas pelas elites, essencialmente nas grandes cidades do país, envolveram desde intervenções em casas existentes, até a edificação de grupos de moradias por industriais, sociedades construtoras e pelo Estado. O presente artigo tem como objetivo investigar a ação do Estado e de Fábricas na produção de habitações para aluguel e/ou venda no Nordeste do Brasil, durante as décadas de 1930 e 1940. Mais especificadamente, visa investigar a produção pública e privada de moradias, comparando-as em termos quantitativos, em relação aos seus destinatários e no que se refere às características tipológicas e construtivas das unidades habitacionais quanto à forma, localização, programa e dimensão.




Download
Últimas notícias
Ana Beatriz Targino apresentou trabalho no eCICT 2018
Yuri Simonini recebe prêmio da UNI-RN
Désio Silva aprovado mestre em Geografia